domingo, 31 de março de 2013

[Parceria] Autor Beto Córdova

Oi, gente, tenho uma ótima notícia hoje: o blog conseguiu seu primeiro autor parceiro. O Beto entrou em contato comigo pelo Skoob divulgando o novo livro dele e eu sugeri que ele visitasse o blog. Ele curtiu e aceitou a parceria \o/.

O Felisberto O. Córdova Filho é formado em Direito e Pós-graduado em Parapsicologia, mora em Florianópolis com a esposa e o filho. Ele tem dois livros publicados: O próximo passo - nas asas do amanhã (confira a sinopse aqui!) e A Aliança - As Sete Moradas de Deus (sinopse e amostra grátis aqui!).

Encontre o autor nas redes sociais: 
Twitter
Facebook
Skoob
Site
Blog

Eu li a amostra grátis do segundo livro, e olha, é muito bom. Não vou falar muito aqui, pois pretendo postar a resenha da obra completa em breve, ainda não a li, mas acho que valerá muito a pena.

sábado, 30 de março de 2013

Decoração #4 Páscoa

Oi, gente, tudo bem?
Bom, amanhã é Páscoa e resolvi trazer pra vocês opções simples de decoração que ainda da tempo de fazer pro almoço de família.

Primeiro, vou mostrar duas opções tanto de decoração como de guloseimas:

Estes aqui de baixo são cakepops que foram moldados em formato de ovinhos. Pra quem não sabe, cakepops nada mais são do que uma massa feita de bolo esmigalhado com um creme (ganache, brigadeiro, buttercream etc) que depois de moldada é banhada em chocolate derretido e enfeitado.
Fonte
Já estes aqui, são ovinhos de chocolate pintados com corante spray. Para ver o modo de preparo, só clicar no link da fonte.

Fonte
Os próximos não são pra comer, mas ficam bem bonitinhos na decoração. Primeiro um guardanapo dobrado em forma de coelho. Para ver o passo-a-passo, acesse o link da fonte.

Fonte

Esse de baixo é feito com ovos de plástico, mas acho que poderia ser feito com balões de gás.

Fonte

Eu separei só esses mesmo por serem os mais simples (e eu só pensei em fazer o post em cima da hora, eu sei), se quiserem mais ideias, o site da M de mulher tem algumas bem legais.

Beijos e feliz Páscoa pra quem comemora.




sexta-feira, 29 de março de 2013

Fallen in the Kitchen #4 Massa de Pizza

Bom, gente, hoje é dia de receita! \o/
Resolvi postar algo que adoro fazer e comer: PIZZA! Postarei somente a massa, o recheio vai da criatividade e gosto de vocês.

Massa:
1 embalagem de fermento biológico fresco
1 colher de sobremesa de sal
1/2 colher de sobremesa de açúcar
100g de margarina
1 gema
1 copo americano de leite
10 colheres de óleo
1 Kg de farinha de trigo

Coloque o fermento numa tigela junto com o sal e o açúcar, espere "derreter", adicione a gema, o leite, o óleo e a margarina. Adicione a farinha aos poucos, mexendo com as mãos até desgrudar. Enfarinhe uma superfície e solve a massa nela. Volte para a tigela, cubra e deixe descansar até dobrar de volume.

Unte as formas de pizza com óleo e abra as massas nelas, fure com um garfo e leve ao forno pra pré-assar. Para saber quando está pronto, pegue um garfo e levante um pouco a beirada da massa, se ela estiver coradinha, está pronta para o recheio que você escolher!

Rendimento: 4 pizzas médias

quinta-feira, 28 de março de 2013

Fallen in the Library #4 Toques para mulheres


 Autor: Edson Rossatto 
Editora: Giz Editorial 
Gênero: Crônicas 
Páginas:  143 
Ano:  2021 
País:  Brasil
Sinopse: Só em casa são três irmãs, mãe, sobrinha e Lupita (minha cachorrinha). Sem contar as dezenas de amigas que cultivei sendo o único homem em uma sala repleta de mulheres na faculdade. Também não é pequeno o número de ex-namoradas, casinhos e pretendentes sem sucesso. Então, cercado por tantas fêmeas, a observação e interação com seu cotidiano foi inevitável. "Ed, ele não atende minhas ligações. Só está muito ocupado, né?" "Rossatto, vocês homens são muito cafajestes! Só querem saber de c.... a gente!" "Alô, Ross? Querido, seu endereço ainda é o mesmo? É que vou te mandar meu convite de casamento. Já está tudo arrumado! Até o vestido já está pronto... Noivo? Não, não, ainda não, mas quando arrumar é bom o endereço estar atualizado, né?" Depois de tantos toques para mulheres que distribuí particularmente, resolvi colocar tudo no papel em forma de crônicas bem-humoradas. Porque, cá pra nós, só mesmo com bom humor para encarar esse universo complicado, contraditório, estranho e fantástico que é o feminino.

Ganhei este livro há algum tempo num sorteio do PsychoBooks. Semana passado quando terminei O Silmallirion (resenha aqui!), estava mentalmente exausta e queria um livro pra relaxar, foi quando lembrei do Toques para mulheres na minha gaveta.
Não poderia ter feito escolha melhor, o livro é simplesmente tudo que promete pela capa e sinopse. As crônicas curtinhas e independentes são extremamente engraçadas e realistas (por mais que doa admitir isto de algumas). Cheguei a sentir pena do autor por ter que aturar tantas mulheres (sei que é difícil), mas também senti raiva dele em alguns momentos, além de ter tido realmente a impressão de estar lendo um blog, esperando já pela caixinha de comentários no final pra elogiar, e às vezes xingar, o autor.
O livro é impecável, não reparei num errinho se quer (o que é um feito incrível atualmente, infelizmente). Outro ponto que adorei foram as ilustrações da Germana Viana, além da capa, todo início de crônica contém uma ilustração que representa o assunto tratado (pretendo mostrá-las na próxima Fallen Mail)
Pra finalizar, acho que a única coisa que posso fazer é indicar pra todos esse livro, tanto mulheres quanto homens. Tenho certeza que irão se divertir lendo.

Beijos

Fallen Mail #1


Bom, gente, era pra esse post ter ido ao ar ontem, mas eu tive alguns problemas com a câmera, com o editor de vídeo e com o youtube (sim, tive problema com quase tudo) -.-'
Foi o primeiro vídeo que eu gravei na vida  e eu achei que ia ficar super curtinho, acabou que nem tanto.





PS: Minha mãe falou que eu digo muito "Então", o que vocês acham?

Beijos e mais tarde tem post no ar!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Comportamento #3 Homossexualidade, por que as pessoas se importam tanto?

Oi, gente...
O assunto de hoje é uma coisa que super me incomoda e que vejo muito, tanto nas redes sociais quanto na vida offline. A homofobia é um assunto muito discutido, mas não vou ficar me atendo ao que alguém falou ou deixou de falar, a única coisa que tenho a perguntar é: por que diabos as pessoas se importam tanto com a opção da outra pessoa? Com quem esta pessoa se relaciona ou deixa de se relacionar?
Fonte

Eu sou hétero (só pra deixar claro) e não tô aqui pra levantar bandeira de movimento nenhum, mas acho que estas questões são problemas exclusivos da pessoa que se relaciona. E a vida seria bem mais fácil se todo mundo respeitasse isso.
É tão simples, se não é em cima de você ou do seu parceiro que estão dando em cima (eu ia usar as palavras do meu namorado, mas não são apropriadas pro blog), por que você tem que se meter? Deixa a pessoa viver o que ela tem vontade, não interfere em nada na sua vida.
Tá, aí vem alguém e fala: "Mas a Bíblia diz que é errado". Ok, a tua religião diz que é errado, mas você já parou pra pensar que a pessoa pode não ligar pro que esta diz?! Existem diferentes religiões que a pessoa pode seguir, ou simplesmente ser que nem eu que não gosta de religião nenhuma (mas isso é assunto pra outro post) e não está nem um pouco preocupada se viver o amor que ela sente vai levar ela ao inferno ou não. Não estou dizendo que você não pode acreditar no que sua religião diz, não é isso, só que não acho que você deva tentar impor isto aos outros. Tua religião diz que homossexualismo é errado e você acredita? Simples, não seja homossexual.
Tem gente que diz que se sente desconfortável quando um casal homo demostra carinho em público, não entendo o porquê. Não tô defendendo que o casal pode ficar quase se engolindo em plena praça de alimentação do shopping, mas isso é indiferente do casal ser homo ou hétero, gente, a pessoa tem que ter senso do ridículo independente da opção sexual! Agora acho que um casal homo de mãos dadas ou se beijando em local público é tão normal quanto eu e meu namorado fazendo isso.
Fonte

Bom, acho que isso é tudo o que tinha a dizer. Agora, deixem suas opiniões nos comentários, ok?
PS: Durante a busca por imagens, achei um texto bem interessante do Drauzio Varella, quem quiser ler, esta aqui!

Beijos e até amanhã.

terça-feira, 26 de março de 2013

Fallen in the closet #4

Oi, gente, tudo bom?
Então, tenho duas coisas pra falar com vocês hoje.
A primeira é sobre a depilação, lembram que disse que ia tentar usar o depilador elétrico (se não lembra, clica aqui!)? Bom, não rolou totalmente do jeito que eu queria. Consegui usá-lo sem maiores problemas na axila, mas quando foi pra usar nas pernas que são áreas bem maiores, não consegui aguentar a dor de jeito nenhum! Acabei voltando pra lâmina, mas tentei experimentar uma coisa que vi em alguns blogs (não lembro quais). Geralmente, a gente acaba fazendo esse tipo de depilação no banho e usando o sabonete pra proteger a pele, né? Então, desta vez peguei o creme de barbear do meu pai emprestado e tenho que dizer, o resultado foi muito melhor. Minha pele ficou hidratada e, até agora, nada da alergia aparecer \o/

A segunda coisa que quero falar com vocês é sobre essas seções de moda de jornais, sério, gente, é um absurdo. Aqui em casa, meu pai compra O Dia, aí, todo domingo tem na revista um ensaio fotográfico, cada coisa linda que aparece, mas, cara, quase ninguém que lê o jornal tem money pra comprar aquilo! E mesmo se tivesse, acharia um absurdo a pessoa gastar quase duzentos reais com UMA PEÇA DE ROUPA, eu não pagaria de jeito nenhum.
Acho que os jornais de maneira geral deviam ser mais realistas quanto ao seu público e tentar montar coisas bonitas com peças mais acessíveis. Não tô falando que é pra montar os looks com roupas da barraquinha da feira (se bem que já achei umas lindas na da cidade da minha avó), mas vale a pena e é fácil achar roupas legais na Marisa, Leader e lojas do tipo, é só darem-se o trabalho de procurar direito.

Beijos e até amanhã.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Diário de Dieta #4

Oi, gente, hoje a postagem vai sair mais tarde que o normal (de novo, eu sei), mas por um bom motivo: hoje foi minha formatura do curso de inglês. Depois de 10 anos, enfim me formei.

Quanto à dieta, não tenho muita coisa pra contar. Ia me pesar hoje, mas todas as farmácias que eu costumo usar a balança tavam com problemas com o equipamento =/
A meta dessa semana foi cumprida sem problemas, consegui me controlar bem durante a semana, então, creio que o pequeno exagero na festa do meu cunhado sexta não prejudicou muito (esse mês tá complicado, tendo muita festinha).
Pra esta semana, não estou com muitas ideias de meta, acho que manterei esta, mas tentando reduzir ainda mais a quantidade (ainda bem que não tem evento nenhum essa semana).
Semana que vem espero conseguir me pesar direitinho e fazer a avaliação funcional também.

Beijos e até amanha.

domingo, 24 de março de 2013

Fallen in the Studio #1 Os melhores albúm da história do rock - parte 1

Então, gente, como eu tinha dito, pediu ao Jefferson Arcanjo pra escrever aqui no blog sobre música e a estreia da coluna é hoje. Eu tinha falado que seria uma coluna quinzenal, mas nós dois resolvemos que ela será semanal como as outras. Espero que todos gostem e comentem. Beijos e até amanhã.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O assunto que vamos falar hoje(e nas próximas semanas) é um dos estilos musicais mais influentes de todos os tempos: o Rock.
Só que não vamos apenas falar sobre as guitarras distorcidas, os riff pesados ou a atitude, vamos falar sobre todas as etapas que o fizeram se tornar o que conhecemos hoje, cada etapa terá artistas e os álbuns mais marcantes. Se tratando disso nada mais justo começar pelos primórdios, da mistura entre: O Blues e o Country.  

1. No Início  Era Blues: rhythm and blues. (1950)


Bill Haley and his Comets
Fonte

O primeiro artista de “Rock” foi o americano Bill Haley. Em 1954, Bill Haley lança o álbum: Rock around the clock que é mais marcante de sua carreira. Com a música título, Bill Haley teve sucesso mundial, esta música também fez parte da trilha sonora do filme Blackboard Jungle (Sementes de Violência).

Fonte

Em minha opinião esse álbum é bem dançante e divertido, essa pegada de Blues nesse instrumental tornou esse álbum perfeito. Todas as músicas são animadas, as letras tratam de temas bem animados.

Pra mim, todas as faixas se destacaram, são bem animada e cheias de um fabulo instrumental. Portanto, se você quer um álbum dançante e repleto de um ótimo instrumental, esse, meu amigo, é álbum.

Outro artista bem marcante nessa etapa, ou melhor dizendo o mais importante, foi:

Elvis Presley, O Rei do Rock.
Fonte

Do nosso Rei , vamos citar dois álbuns:

O Primeiro é Elvis Presley (Self-Titled) de 1956
Fonte


O Segundo é King Creole de 1958.
Fonte

Esse dois álbuns foram bem aclamados pela crítica na década de 50. Em minha opinião, o primeiro mostra o começo da carreira de Elvis com a sensualidade presente na sua voz rouca e na sua maneira de dançar, que transformaram Elvis numa superestrela do rock, tornou-o um exemplo clássico da influência negra sobre a sociedade branca norte-americana – aspectos para os quais chama a atenção.

As faixas do primeiro álbum que se destacaram pra mim foram: Heartbreak Hotel, I Want You I Need You I Love You (Essa duas primeiras conquistaram o primeiro lugar das paradas de sucesso no ano de 1956),I Love You Because, My Baby Left Me e Blue Suede Shoes (A última é uma das melhores pra mim.)

Do Segundo álbum foram: King Creole, Hard Headed Woman e As Long As I Have You (Que é a faixa mais linda do álbum).
- Jefferson Arcanjo

Eventos #1 Feira do Livro da A.B.L.


Bom, gente, semana passada, chegou aqui na minha cidade a feira de livro da A.B.L.(Associação Brasileira do Livro). A feira conta com livros raros, didáticos e de literatura, sebos e livros novos, além de lançamentos das editoras que amamos, com descontos de 20% de desconto (ou mais).



Ano passado, comprei vários livros por R$5,00 na feirinha (entre eles, O poder do Súcubo). Este ano, não tem muitos livros de R$5,00 que me agradaram, mas tem outras boas ofertas, como Morte Súbita(J.K.Rowling) por R$25,00. Também tem livros de direito por apenas R$5,00.



Ainda não fiz minhas comprar por lá, mas a feira fica na Praça Nossa Senhora da Conceição até dia 18 de Abril, então ainda da tempo pra vocês (e pra mim) fazerem boas comprinhas.

O pessoal de outras cidades que quiser conferir quando a feira vai passar pela sua cidade, é só acessar o site da A.B.L.

Beijos, mais tarde tem a coluna do Jefferson e eu volto amanhã com o Diário de Dieta.

sábado, 23 de março de 2013

Decoração #3 Quartos Roxos/Lilás

Enquanto eu estava procurando fotos de quartos pretos e vermelhos (post aqui e aqui), toda hora me deparava com quartos roxos. Quando fui fazer o revestimento do meu quarto e não pude colocar o preto, optei logo pelo lilás com roxo (uma parede é roxa mais escura e as outras lilás com glitter). Meus móveis são marfim e combinaram perfeitamente com as paredes, mesmo que a maioria dos quartos que vejo na net sejam com branco.
É uma cor ótima, pois você não precisa se preocupar se vai escurecer muito o quarto ou não, é só prestar atenção no tom escolhido.
A única coisa que não curto são quartos de casal nessa cor, acho feminina demais. Combina mais com quartos de jovens solteiras.

Agora foi por fotos no mesmo esquema de sempre: algumas onde a cor predomina e opções onde só está presente nos detalhes.
Fonte
Fonte

 
Fonte


Beijos, até amanhã com post da coluna nova e sobre um evento daqui da cidade.


Fallen in the kitchen #3 Bolinho de chuva

Bom, estavamos, eu e mamãe, um belo dia chuvoso em casa e eu resolvi fazer alguma besteira de lanche da tarde. Resolvi testar uma receita que tinha visto num site de culinária que visito muito, o Comidas e Receitas. A receita é uma delícia, perfeita para um chá da tarde, e só tive que fazer duas pequenas alterações na receita original.

Você vai precisar de:
2 ovos
¾ de xícara (chá) de açúcar 
2 colheres (sopa) de manteiga
½ colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara (chá) de leite
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de essência de baunilha
Óleo para fritar
Açúcar e canela em pó para polvilhar


Modo de preparo
Junte numa tigela os ovos, a manteiga/margarina, o acúcar e o sal. Despois de misturá-los, vá acrescentando o leite e a farinha alternadamente, por último, junte o fermento e a baunilha e misture.
Pra fritar, é bem simples (e olha que eu odeio fritar as coisas). Se você não tiver muita habilidade com fritura, pegue uma panela não muito grande e coloque óleo o suficiente pra ficar numa altura de uns 3-4 dedos e esquente-o. Pegue duas colheres de sobremesa, encha uma delas de massa e  passe a outra para despejar a massa no óleo, ficará com um formato arredondado. Frite até dourar, coloque sobre papel-toalha para tirar o excesso de óleo e passe pela mistura de açúcar e canela em pó.


Na receita original, diz que rende 20 porções, eu realmente não me lembro de quantos deram quando eu fiz, mas foram bastante. Também dá pra saborizar a massa com chocolate em pó, fica delicioso.

Beijos e bom fim de semana pra vocês

quinta-feira, 21 de março de 2013

Fallen in the Library #3 O Silmarillion


Título Original: The Silmarillion 
 Autor: J.R.R. Tolkien 
Editora: Martins Fontes 
Gênero: Ficção 
Páginas:  460 
Ano:  1999 
País:  Inglaterra
Sinopse: 'O Silmarillion' relata acontecimentos de uma época muito anterior ao final da Terceira Era, quando ocorreram os eventos narrados em 'O Senhor dos Anéis'. São lendas derivadas de um passado remoto, ligadas às Silmarils, três gemas perfeitas criadas por Fëanor, o mais talentoso dos elfos. 

Eu não sei por que diabos o filho do Tolkien resolveu fazer esse livro, sério. Vocês não sabem o quanto eu estou feliz por tê-lo terminado esse. Quase desisti várias vezes, foi um enorme sacrifício continuar a leitura.
Há algum tempo, li O Hobbit e simplesmente AMEI, li o livro todo em um dia, tendo certeza de que tudo que falavam do Tolkien era verdade, o cara é um gênio. Não digo que este livro mudou minha opinião sobre isto, ainda acho ele um gênio (O CARA CRIOU UMA LÍNGUA), mas questiono a decisão do filho dele de organizar e publicar este livro. 
O livro conta a história do mundo desde sua criação até o final dos acontecimentos do O Senhor dos Anéis. Várias vezes, sentia que estava lendo a bíblia, o que me incomodou um pouco, mesmo sabendo que o autor tem influência cristã, era algo forte demais para o meu gosto.
A escrita, ao contrário do Hobbit, não é nada fluida, é pesada e complicada, com excesso do termos em élfico e descrições de linhagem (fulano, filho de fulano, filho de fulano, e por ai vai). Outro fato que faz o livro ser confuso foi que as coisas/pessoas possuem diversos nomes, em algumas páginas o mesmo ser era chamado por 2 nomes diferentes.
Talvez, eu não seja madura o suficiente para esse tipo de leitura tão pesado, mas, acredito que se o Tolkien não publicou o livro antes de morrer, teve uma razão e o filho  devia tê-la respeitado (talvez por ele não está ainda terminado, já que o autor o reescreveu inúmeras vezes).

Beijos e amanhã tem receita pro fim de semana ;)

quarta-feira, 20 de março de 2013

Dia do blogueiro + coluna nova no blog

Gente, desculpe pelo atraso em postar, fiquei o dia tentando escolher sobre o que ia falar hoje, não cheguei a conclusão nenhum, por isso, o post de hoje não vai ser sobre comportamento. Tive dias bem agitados ultimamente e minha cabeça tá borbulhando de ideias para esta categoria, porém, não se foca em nenhuma. Por outro lado, não poderia deixar de postar hoje.
Primeiramente, gostaria dar parabéns a todos os blogueiros (espero que muitos visitem e curtam o blog) pelo dia de vocês. Nessas últimas semana, tenho visto o quão difícil é se ter um blog sério, com conteúdo diário e compromisso, coisa que nunca tinha tido antes. Ficar até de madrugada montando post, procurar imagem, tentar pensar em algo que seja interessante não só pra você, mas para os outros também, dá um trabalhão que merece muito ser reconhecido. Ainda mais quando levamos em conta que todos temos uma vida fora da rede, família, estudos, namorado, trabalho, algumas tem filhos, mas mesmo assim a dedicação com os blogs é enorme.


Agora, mudando de assunto: teremos uma nova coluna aqui no blog. 
Já estava com vontade de falar sobre música aqui, porém não sou grande dominadora do assunto. Esta semana, resolvi pedir à uma pessoa que ama e entende muito do assunto para escrever aqui no blog.
O Jefferson Arcanjo (meu namorado) terá uma coluna, a princípio quinzenal, falando sobre a história do rock, músicos que influenciaram, resenhas de CDs e tudo mais que ele achar interessante dentro do assunto.
O foco principal vai ser o rock, porque nós dois adoramos. A primeira postagem vai ao ar no domingo, espero que todos gostem.

Beijos e até amanha com a resenha da semana.

terça-feira, 19 de março de 2013

Fallen in the closet #3 Meia-calça e segunda pele

Oi, gente, tudo bem?
Hoje falaremos de dois itens que eu acho essenciais pro guarda-roupa e, principalmente, pra mala de qualquer mulher, ainda mais com o clima louco que temos aqui no Brasil.
 Quantas vezes eu não fui viajar debaixo de um sol hiper forte e quando chegava no local, o tempo tinha mudado? Várias, cansei que sentir minhas pernas e braços congelarem por só ter leva shorts e camisetas. A solução que eu achei foi: sempre, independente do clima quando arrumo a mala, levo uma meia-calça e uma segunda pele neutras. 
Fonte

É realmente complicado levar calças jeans e casacos em viagem quando não se tem certeza de que vai esfriar, ocupa muito espaço na mala. Por serem mais finas a meia-calça e a segunda pele ocupam praticamente o espaço de uma calcinha, cabe em qualquer espacinho, até na bolsa de mão.
Não se preocupem achando que elas não esquentam por serem fininhas, porque esquentam e bem! Claro, se você for muito "friorenta", pode escolher por versões com mais fios, mais grossinhas.
Fonte
Bom, além de práticas, a meia-calça e a segunda pele deixam os look lindíssimos e divertidos, já que você pode usar as versões com cores diversas e estampas.
O único detalhe com as cores é você observar suas pernas/seus braços, se forem finas(os), cores claras podem dar a impressão de que são maiores. Já as cores escuras, diminuem pernas/braços muito grossas(os). Você também pode parecer mais alta combinando a cor do sapato com da meia-calça.
Eu já não sou muito fã das meias-calças estampadas, pois, como sou baixinha e tenho pernas grossas, as estampas acabam ficando deformadas. Mas acredito que em pessoas magras e altas, fiquem legais sim. Nunca vi segunda pele estampadas, no máximo com texturas.

Fonte

Beijos e, se você são do Rio de Janeiro, aproveitem o friozinho.





segunda-feira, 18 de março de 2013

Diário de Dieta #3

Gente, o tempo esfriou por aqui e não tem boicote maior à dieta que esse tempinho. A vontade é só de ficar debaixo do edredom comendo besteiras, ai, depois, não há sopinha que compense. Vou tentar, ao máximo, me controlar, mas será bem complicado, ainda mais porque estou de TPM.
Agora, vamos falar de coisa boa: consegui manter o limite a semana inteira de um jeito até melhor que esperava, alguns dias nem cheguei a tomar refri nenhum.
O melhor dessa semana foi meu namorado virar pra mim e dizer que estou mais magra. Primeiro porque é bom ver que está sim dando efeito, e principalmente porque foi alguém que está sempre me vendo e notou (minha mãe sempre diz que é mais fácil quem não vê a gente direto notar).
Eu ia me pesar hoje pra conseguir dá uma visão numérica pra vocês, mas infelizmente não teve como, fica pra semana que vem.
A meta desta semana será: só tomar refrigerante 2 vezes durante a semana. Vamos ver se vai dar tudo certo, né?

Beijos e aproveitem o friozinho com moderação.

sábado, 16 de março de 2013

Decoração #2 Quarto vermelho

Bom, continuando com as cores fortes que começou aqui com o preto, vamos falar da cor da paixão (ou do sangue, se preferirem, sei lá).
Algum tempo atrás, meu namorado e eu estávamos falando de cores pra nossa futura casa, e ele disse que queria o nosso quarto vermelho. Comecei a pesquisar, porque nunca tinha pensado em ter um quarto dessa cor, e descobri que fica liiiiiindo.
Então, tentei procurar exemplos de quartos vermelhos beeem fortes e outros mais suaveis.

Esses dois aqui são bem puxados pro vermelho mesmo, tanto na cor das paredes como nos itens que compõem a decoração.
Fonte


Nesse primeiro, eu AMEI essa cadeira e as mesinhas de luminárias, deu um toque mais chique, como o quarto de um palácio de filmes.

Nesse aqui de baixo, o que eu mais gostei foi o adesivo da parede, deu uma quebrada na cor única das paredes.
Fonte

Já esses daqui, usa o branco como cor base e usa elementos vermelhos pra dar vida ao ambiente.

Fonte

Esse primeiro tem uma coisa que eu adoro que é a parede única de cor forte e o resto num tom mais claro, a única coisa diferente é que eu faria com bege, não branco. Gostei bastante do tapete e dos módulos em cima da cama. Agora, eu não entendi qual é a desse "buraco" no teto, o que diabos é isso?!

Esse daqui já tem todas as paredes brancas e alguns elementos vermelhos apenas, assim, eu gostei dele no contesto geral, principalmente pra uma adolescente, mas achei um pouco "romantiquinho" demais pra mim.

Fonte
No meio da pesquisa, me deparei com um quarto de criança liiiiindo de morrer, super fofo *-*, não podia deixar de mostrar aqui.

Fonte

Fonte
O que eu mais gostei nesse quarto foram os módulos em formato de flor, mas acho que eles deviam ter algum detalhe vermelho nas bordas pra ressaltarem melhor na parede branca. O tapete fofinho que da pra ver nessa última foto também é lindo e ótimo pra bebê poder brincar a vontade.

Mas, o que vocês acham? Usariam vermelho na decoração de seus quartos?
Beijos


sexta-feira, 15 de março de 2013

Fallen in the Kitchen #2 Nhoque ao molho branco com presunto

Hoje, vou ensinar uma das minhas receitas favoritas. Provei esse prato num rodízio da Parmê uma vez e depois tentei adaptar aqui em casa.
Você pode fazer esse prato de dois jeito: com a massa de nhoque comprada pronta ou com a feita em casa que vou ensinar aqui, que é muito melhor.

Massa de Nhoque:
500g de batatas
1kg de farinha de trigo
1 gema
1 colher de sopa de manteiga/margarina
sal a gosto

Molho branco
500ml de leite
1 colher de manteiga/margarina
200g de creme de leite
Tempero de alho e sal
5 colheres de farinha
500g de queijo mussarela picadinho
300g de presunto picadinho

Modo de Preparo:

Massa:
Cozinhe as batatas com casca até estarem macias, ainda quente, vá retirando as cascas e passando as batatas pelo espremedor. Misture a gema, a manteiga e acerte o sal. Aos poucos, acrescente a farinha até conseguir enrolar a massa sem grudar.
Quando a massa estiver no ponto, enfarinhe a mesa e faça rolinhos da espessura de um dedo e corte em pedaços de um ou dois centímetros. Cozinhe em água fervente até o nhoque flutuar, ai está pronto.

Molho:
Refoque o tempero de alho e sal com um fio de óleo e a margarina. Jogue o leite, dissolva a farinha num pouquinho de leite e coloque na panela. Vá mexendo até  engrossar o quanto você quiser, mas nem muito ralo, nem muito grosso. Tire do fogo e misture o creme de leite e metade do queijo e o presunto.

Montagem:
Coloque o nhoque já cozido numa travessa, despeje o molho por cima e misture bem. Pra finalizar, jogue o restante do queijo por cima.

Espero que todos provem e gostem, eu acho uma delíiiiiicia.
Beijos e ótimo fim de semana.


quinta-feira, 14 de março de 2013

Fallen in the library #2 Drácula em HQ

Fonte
Fonte
Uns 2 anos atrás, li O Drácula de Bram Stoker e achei-o terrivelmente chato! O jeito que a história é contada por diários faz com que ele se torne massante e tedioso, além de confuso quando os diários se entrelaçam. Ano passado numa feira do livro aqui da cidade, encontrei uma solução pra quem quiser conhecer o clássico sem essa chatice toda. Trata-se de uma HQ feita por Eugênio Colonnese na série A Hora do Terror.
A revista é muito bem feita, adorei os desenhos e a diagramação, também foi feito um trabalho incrível em transformar trechos dos diários em falas ou pensamentos dos personagens. Conta ainda com todas as cartas que são enviadas pelos personagens ao longo da história.
O único ponto negativo foi a ocultação de algumas partes da história, alguns cortes mesmo, e também, o fato de terem mudado o final do livro. No mais, é uma ótima pedida para os amantes do terror.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Comportamento #2 Drogas

Marilyn Monroe
(atriz-36anos-Agosto/1962-remédios pra dormir)
Uma semana atrás, já acordamos com a notícia que o mundo  da música tinha perdido um de seus nomes. Não que eu seja fã do Chorão, mas temos que reconhecer o talento que ele tinha, porém, este não é o nosso assunto de hoje exatamente, mas sim, uma das prováveis causas da morte dele. Vamos falar sobre algo que já matou grandes astros da música e milhares de anônimos: drogas.

Kurt Cobain
(cantor-27anos-Abril/1994-heroína)

Quantos ídolos e parentes foram levados por esse caminho? Muitos, não só pelas drogas ilícitas, mas também, cigarro,  bebidas alcóolicas, remédios ministrados incorretamente e de maneira abusiva. Acho que não preciso nem dizer que certos medicamentos SÓ PODEM SER USADOS COM ACOMPANHAMENTO MÉDICO (e mesmo assim, às vezes, dá merda).
Amy Winehouse
(cantora-27anos-Junho/2011-álcool)




O pior, pelo menos pra mim, é ver pessoas cada vez mais jovens se metendo nesse meio, seja por problemas ou pra "se mostrar", "entrar na onda".

Michael Jackson
(cantor-50anos-Junho/2009
-anestésicos)
Por mais que a pessoa tenha um problema seríssimo, do que vai adiantar ela usar drogas? EM NADA, só vai piorar tudo, só vai fazer ela se destruir aos poucos e afetar todos ao redor dela. Tá com problema que não consegue resolver, tá mal por isso? Simples, coma doces, vai correr, se tranca no quarto e chora, compra aqueles sacos de treino de boxer e fica socando, sei lá, faz o que quiser pra descarregar a raiva, frustação e tals, depois senta e pensa. Agora, ser covarde ao ponto de usar drogas pra ficar fora do mundo e esquecer dos problemas é, no mínimo, patético.
Elis Regina
(cantora-36anos-Janeiro/1982
-álcool/medicamentos)


Agora, falando do que eu acho ainda mais patético, na verdade, ridículo: adolescente/jovens que consomem drogas para "curtir", "fazer parte do grupo" etc. 
Heath Legder
(ator-28anos-Janeiro/2008- remédio p/ dormir)
Cada vez vejo pessoas mais jovens que se orgulham de terem saido bebadas de baladas/sociais. QUAL DIABOS É A GRAÇA? Por que, atualmente, curtir uma festa significa não lembrar nem do que fez nela de tanto que bebeu? 
River Phoenix(ator/músico-23anos-Outubro/1993-
heroína/ maconha/ anfetamina/remédios)
Acho que se você quer beber porque aprecia o gosto da bebida, ok (desde que você tenha idade legal para isso, né?), mas duvido muito que quem sai "trocando as pernas"  e "mal saiba como chegou em casa" ainda consigia sentir o gosto de algo quando tomou o último copo.
Sem contar os que ostentam cigarros (tabaco ou maconha) como se fossem troféus e que consomem drogas  para imitar seus ídolos (a maioria morta por overdose). Acham o que? Que eles se orgulham de vocês? Que estão felizes por que vocês terão o mesmo fim deles? 

PS: As imagens dos artistas usados não tem, de maneira alguma, a intenção de julgar seus respectivos talentos, e sim, de mostrar carreiras interrompidas pelo uso de drogas.

Fontes:


terça-feira, 12 de março de 2013

Fallen in the closet #2 Depilação


O tema de hoje é bem doloroso, digamos assim…
A depilação não é uma coisa nem um pouco simples, escolher o melhor método, encarar a dor, as alergias é uma tarefa árdua e que leva tempo.
Durante anos, sempre utilizei o método tido como mais simples, a lâmina. A princípio é uma boa maneira de se livrar dos pelinhos indesejados, mas dois problemas me fizeram desistir:
·          Como a frequência era muito grande, acabei desenvolvendo uma certa alergia a lâmina, além dos eventuais cortes
·         Em certas áreas do corpo (virilha e axila), o atrito da lâmina acabou escurecendo minha pele.
Depois disso, tentei o creme depilatório, sem resultado. Os meus pelos simplesmente NÃO QUERIAM SAIR! Tentei outras vezes, mas sempre o mesmo efeito, ou melhor, efeito nenhum!
Acabei me rendendo, então, e apelei para métodos que prometem tirar os pelos pela raíz. Primeiro tentei a depilação com cera fria em casa mesmo, o problema era que eu não tinha sangue frio pra puxar a cera com força suficiente. Depois, procurei uma depiladora pra fazer a depilação com cera quente, não tive problemas com a dor, aguentei facilmente, porém (sempre tem que ter um porém)meu pelos são muito resistentes, acabaram arrebentando durante o processo e a depilação que era pra durar um mês, não durou nem uma semana =\
Agora, estou em processo de adaptação a outro método: depilador elétrico. Comprei meu aparelho tem um ano, mas o problema dele é que dói tanto que parece que sua alma tá sendo arrancada do corpo junto com os pelinhos (juro que não é exagero). Felizmente, depois das seções de cera quente, parece que os pelos sairão mais facilmente com ele e ela raíz como deviam.
Acabada a minha experiência, vamos as dicas pra vocês:
·         Em caso de pelos fininhos e fracos, recomendo a cera quente, o dinheiro gasto vale muito a pena, a pele fica bem lisinha.
·         Agora, pra quem sofre do mesmo problema que eu, recomendo que façam algumas seções com cera quente e depois tente usar o depilador elétrico.
Em breve, testarei algumas coisas pra tentar diminuir mais ainda a dor e posto aqui.
Beijos e boa sorte na luta contra os pelos e pela pele lisinhas!

segunda-feira, 11 de março de 2013

Diário de Dieta #2

Na semana na passada a meta fixada tinha sido tomar refri apenas uma vez por dia, no máximo, bom, nos primeiros dias tudo foi muito bem, melhor até do que o esperado. De segunda à quarta não tomei refrigerante vez nenhuma, na quinta e na sexta consegui cumprir a meta certinha, o problema foi no sábado. O filho de uma amigo fez aniversário, o salão era hiper quente e a única opção de bebida era refri, não teve jeito...
Felizmente, no domingo já voltou tudo ao normal, mas como a meta não foi cumprida direitinho, vou mantê-la nesta semana.

A partir de semana que vem, além do Diário, também postarei sobre atividades físicas e produtos mais saudáveis e gostosos, ok?

Por hoje, é só isso. Beijos e boa semana pra vocês.

domingo, 10 de março de 2013

Decoração #1 Quarto preto, será que rola?

Ontem, tive uma festa de aniversário pra ir e não deu tempo de postar nada aqui =/
Pois bem, vou aproveitar o domingo que não tem tema definido pra colocar em dia (espero que não aconteça de atrasar muito com as postagens, mas se acontecer, já saibam que será postado no domingo.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Eu adoro a cor preta, é super elegante em tudo, mas, será que rola um quarto preto? Sim, rola e pode ficar lindo, só vai depender do bom gosto da decoradora/moradora.
Primeiramente, o quarto não pode ser pequeno, principalmente se você quiser as paredes pretas, porque vai escurecer muito o ambiente. O melhor é ter um quarto médio-grande e com uma boa janela pra iluminar o ambiente (razão pela qual meu quarto não é preto).
Tirando essa questão tamanho/iluminação, há várias formas de incorporar o preto na decoração, tudo vai depender do gosto da moradora do quarto.
As mais radicais, digamos assim, podem optar por quartos onde o preto é a cor predominante, como esses aqui:
Fonte

Fonte


Já as mais simples ou que não tenho o quarto tão grande, podem optar por usar apenas detalhes com a cor preta coordenados com cores mais claras como o branco. Vejam estes, o primeiro é um pouco mais carregado no preto, ainda assim menos que os de cima, já no segundo, o branco é a cor predominante:

Fonte

Fonte



Esperam que tenham gostado dos quartos (eu ameeeei), em breve, postarei outras cores de quartos e outras partes da casa, além de decorações de festas *-*

Beijos

sexta-feira, 8 de março de 2013

Fallen in the kitchen #1 Canelone de Frango

Bom, eu adoro cozinhar, principalmente massas e doces, então, teremos muitas receitas do gênero aqui. A de hoje é bem simples e deliciosa.

Você vai precisar de:

Canelones:
7 massas pra canelone pré-cozidas al dente
500g de frango cozido e desfiado
1/4 de xícara de salsinha bem picada
2 colheres de sopa de molho de tomate
100g de queijo (mussarela ou prato) picado ou ralado fininho

Molho:

1 xícara de molho de tomate
Queijo picado ou ralado a gosto
Sal a gosto
Alho amassado
Azeite


Modo de preparo:

Canelones:
Numa tijela, misture bem o frango, a salsinha, o queijo e o molho de tomate. Depois é só rechear os canelones com cuidado para não rasgar a massa, use as mãos para fazer pequenas bolinhas de recheio e vá colocando e apertando pra não restar nenhum espacinho sem.

Molho:

Coloque o azeite numa panela e refogue o alho, adicione o molho de tomate e mexa bem, acerte o sal. Desligue o fogo e misture um pouco do queijo.

Montagem:

Ponha uma camada de molho no fundo de um refratário, acomode os canelones lado a lado, regue com o restante do molho e espalhe o restante do queijo por cima.
Leve ao fogo pra derreter o queijo e sirva.

É uma receita simples, mas que fica linda em qualquer mesa. Pode ser feita tanto num almoço simples como em ocasiões especiais.

Espero que gostem e, quem fizer, volte aqui pra dizer o que achou!